Américo Rodrigues

Diretor da DGARTES desde fevereiro de 2019. 
Licenciado em Língua e Cultura Portuguesas pela Universidade da Beira Interior e Mestre em Ciências da Fala pela Universidade de Aveiro com uma tese sobre "As emoções na fala".

Exerceu funções de animador e programador cultural na Casa de Cultura da Juventude da Guarda/FAOJ (1979-1989) e na Câmara Municipal da Guarda (1989-2005), tendo sido Diretor do Teatro Municipal da Guarda (2005-2013) e Coordenador da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (2015-2018).

Foi um dos fundadores do coletivo Aquilo Teatro, da Associação Luzlinar e do Calafrio, Associação Cultural / Teatro do CalaFrio.

Coordenou os cadernos de poesia Aquilo (1982-1997) e foi co-director da revista Boca de Incêndio (2004-2006), entre outras publicações.

Em 2011 recebeu a medalha de mérito cultural atribuída pelo Ministério da Cultura de Portugal.

É poeta, ator, encenador, performer (na área da poesia sonora) e programador cultural.