Categoria

apoio às artes

Já são conhecidos os resultados finais da nova linha de financiamento destinada a apoiar a atividade regular de associações e coletividades da Região de Lisboa e Vale do Tejo, de que são exemplo as bandas filarmónicas, os grupos de teatro de amadores e os grupos de etnografia.

Após a última reunião extraordinária com os representantes dos 17 Países Membros do Programa IBERCENA, na qual participou o Diretor-Geral das Artes, Américo Rodrigues, são agora conhecidos os resultados do trabalho desenvolvido nos últimos meses, bem como os principais avanços do Plano de Ação Quadrienal - PACCI 2022-2025, que permitirá canalizar de forma mais eficaz os recursos IBERCENA na integração das Artes do Espetáculo Ibero-americano. 

Estão abertas até 22 de setembro de 2021 as candidaturas para o Programa de Apoio a Projetos no domínio da Internacionalização, nas áreas das artes visuais (arquitetura, artes plásticas, design, fotografia e novos media), artes performativas (circo, dança, música, ópera e teatro), artes de rua e cruzamento disciplinar.

Com uma dotação financeira de 720.000 € (setecentos e vinte mil euros), este Programa de Apoio tem como principal objetivo dinamizar a internacionalização das artes e da cultura portuguesa, através da cooperação com outros países.

Está a decorrer até dia 24 de setembro de 2021 a seleção, através de concurso limitado, do projeto curatorial e expositivo que irá representar oficialmente Portugal na 59.ª Exposição Internacional de Arte - La Biennale di Venezia 2022, com um montante financeiro global disponível de 350.000 € (trezentos e cinquenta mil euros).

A DGARTES divulgou no dia 13 de agosto, junto dos candidatos, os resultados provisórios da nova linha de financiamento destinada a apoiar a atividade regular de associações e coletividades da Região de Lisboa e Vale do Tejo, de que são exemplo as bandas filarmónicas, os grupos de teatro de amadores e grupos de etnografia.

Foi publicada no dia 13 de julho a Portaria n.º 146/2021 que estabelece as normas aplicáveis à atribuição pelo Estado, através da Direção-Geral das Artes (DGARTES), dos apoios financeiros no âmbito do Programa de apoio sustentado, do Programa de apoio a projetos e do Programa de apoio em parceria, bem como as regras aplicáveis ao funcionamento das comissões que irão acompanhar a implementação dos planos de atividade e projetos artísticos apoiados.

A DGARTES notificou, na passada sexta-feira (dia 2 de julho), com os resultados do concurso, os candidatos de Connecting Dots – Mobilidade Artística e Desenvolvimento de Públicos. A lista das entidades apoiadas será divulgada publicamente numa segunda fase, prevista para breve, em cumprimento do regulamento aplicável.

Estão abertas as linhas de apoio do Programa de Cooperação Ibero-Americana Ibermúsicas, com vista ao apoio a projetos que decorram em 2022. Este ano, foi aprovada pelo Conselho Intergovernamental a Linha de Apoio ao Setor Musical na Modalidade Virtual – apresentação de candidaturas até 1 de outubro -  e as vertentes de Prémios Ibermúsicas de Composição e Estreia de Obras 2021 e de Criação de Canções 2021 - com apresentação de candidaturas, respetivamente, até 1 de outubro e 17 de setembro.

Foram aprovadas as três Linhas de Apoio para a próxima Convocatória (2021/2022) do Programa Ibercena: Apoios para Criação em Residência, Apoios para a Coprodução de Espetáculos de Artes Cénicas e Apoios para a Programação de Festivais e Espetáculos de Artes Cénicas.

A Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP) é um instrumento estratégico fundamental para o combate às assimetrias regionais e para o fomento de coesão territorial no que diz respeito ao amplo acesso à cultura e às artes em Portugal, assente na descentralização e na responsabilidade partilhada do Estado central com as autarquias e as entidades independentes, entre outros agentes locais. 

Pages