Categoria

artes plásticas

A Galeria Orla procura artistas interessados em candidatar-se e participar na sua primeira exposição online, sobre o tema "A rua". 

"Em tempos de pandemia, em que a casa é refúgio e prisão, o que sentimos ao voltar à rua? Que fantasias ou medos nos acompanham?"

Podem candidatar-se (até 10 de outubro) artistas residentes em Portugal com obras de pintura, desenho, escultura, arte digital, fotografia, cerâmica, instalação ou temas mistos. Os trabalhos selecionados serão apresentados de 1 de dezembro de 2021 a 31 de janeiro de 2022. 

Decorre até 31 de agosto de 2019 o prazo de candidaturas ao Aesthetica Art Prize, organizado pela Aesthetica Magazine. O Prémio visa proporcionar a artistas emergentes ou consagrados a oportunidade de apresentarem os seus trabalhos na cena artística internacional. 

Serão atribuídos dois prémios: o "Main Art Prize" e o "Emerging Art Prize".

O "Emerging Art Prize" (prémio em dinheiro no valor de £1,000) destina-se a estudantes e a artistas que tenham concluído os seus estudos nos últimos dois anos.

Decorre até 31 de julho de 2019 o prazo de candidatura ao Blooom Award, prémio que visa facultar a jovens artistas de todo o mundo o ingresso no mercado internacional da arte.

Aberto a qualquer disciplina de expressão artística - nomeadamente artes visuais, design, arte urbana e vídeo - o concurso privilegia trabalhos de interface entre a arte e as indústrias criativas, com ênfase na interdisciplinaridade, capacidade de inovação, coragem e progressividade.

O "Atelier Gatafunhos", destinado a famílias com crianças dos 7 aos 12 anos, pretende, através de atividades plásticas, incentivar a criatividade, a exploração e a experimentação de técnicas artísticas, tendo como mote o tema da exposição de Amândio de Sousa "Uma escultura na cidade e outros ensaios", com curadoria de Isabel Santa Clara, patente na Porta 33 até 2 de junho.

/
Contactos:
Rua do Quebra Costas, 33
9000-034-Funchal, Ilha da Madeira
T. +351 291 743 038
E. porta33@porta33.com

A 26 de novembro de 2017 termina a 57ª Exposição Internacional de Arte – La Biennale di Venezia 2017. Após 198 dias, nos espaços dos Giardini, do Arsenale, e um pouco por toda a cidade de Veneza, 86 participações nacionais, 120 artistas convidados e 23 eventos colaterais concluirão as suas presenças em VIVA ARTE VIVA, exposição com curadoria de Christine Maciel.

As seis peças que se elevam ao longo dos jardins da Villa Hériot, palco da Representação Oficial Portuguesa nesta edição de 2017 da Bienal de Veneza, contam com uma notável afluência de visitas e testemunhos deixados sobre o trabalho de José Pedro Croft, quer no âmbito deste projeto de representação, quer sobre a sua carreira, como um dos mais notáveis artistas plásticos do país.