NEIGHBOURHOOD - WHERE ALVARO MEETS ALDO

NEIGHBOURHOOD - WHERE ALVARO MEETS ALDO
2016 | Representação Oficial Portuguesa na 15.ª Exposição Internacional de Arquitetura La Biennale di Venezia

Créditos: Nicolò Galeazzi 

Curadores: Nuno Grande e Roberto Cremascoli
28 de maio a 27 de novembro de 2016

Centrada na obra de Álvaro Siza Vieira, a mostra contou com curadoria dos arquitetos Nuno Grande e Roberto Cremascoli e foi comissariada por Carlos Moura-Carvalho, na altura Diretor-Geral das Artes. O projeto centrou-se na temática da habitação social, e percorreu as intervenções do arquiteto português em diferentes bairros do Porto, Berlim, Haia e Veneza, expondo a sua experiência social como parte da relação com a idade europeia e com a criação de lugares de "vizinhança". A representação portuguesa na Bienal de Veneza ficou, assim, localizada na Giudecca, numa abordagem inovadora pela arquitetura e pelas artes a uma realidade social inquietante, e uma mais eficaz estratégia de planeamento, promoção, comunicação, captação de apoios e
estabelecimento de parcerias.

A edição de 2016 da Bienal de Veneza, sob o título Reporting from the Front, teve como curador geral o chileno Alejandre Aravena e focou-se nas preocupações sociais e nas transformações urbanas ocorridas no mundo inteiro. Numa oportunidade ímpar de afirmar os valores e a cultura nacionais na mais importante mostra de arquitetura internacional, o projeto de Portugal para a Bienal de Arquitetura de Veneza 2016 apresentou uma proposta inovadora que ocupou um lugar em plena construção física e social na ilha da Giudecca, em Veneza.

A proposta foi inovadora em várias frentes, deslocou as atenções dos habituais espaços de representações nacionais na 'La Biennale di Venezia', do centro para a periferia da cidade e desviou as atenções do archistar para os residentes, envolvendo o conceito de vizinhança que se concretizou em torno e no centro do projeto. Fazendo dos residentes dos 4 bairros as estrelas das imagens e dos vídeos e, principalmente, dos testemunhos sobre a obra realizada por Álvaro Siza. De um edifício em construção, passamos, graças a este projeto, à confirmação da sua conclusão. 

Com mais de 7000 visitantes, "NEIGHBOURHOOD - Where Alvaro meets Aldo", gerou debate, curiosidade, afluência. Um pouco por todo o mundo, especialistas na área frisaram a diferença da narrativa criada por este projeto, demarcando-o das demais apresentações nacionais na Bienal de Veneza pela forma como aborda o papel da arquitetura. 

Visite a exposição no Google Artes & Culture: https://www.google.com/culturalinstitute/beta/partner/portugal-biennale-...