"Palhinhas, a história de um espantalho", pela Krisálida, 28 janeiro, Famalicão

Cruzamento disciplinar
"Palhinhas, a história de um espantalho", pela Krisálida, 28 janeiro, Famalicão

Luís Valadares

Sinopse:

Era uma vez um espantalho que encontrou uma tartaruga.

Era uma vez uma casa-canudo que deambulava pelos oceanos.

Um mar de plástico e um presidente escamudo.

Um monte de resíduos e um bacalhau trombudo.

No areal, vestígios da Humanidade.

No fundo do mar, uma comunidade que se reinventa.

O Espantalho Palhinhas é uma aventura pelo universo marinho que se permite olhar para os resíduos acumulados no fundo do mar, unindo os seus habitantes na procura de um benefício comum.

A partir da adaptação do conto O Espantalho Palhinhas de Cláudia Pereira, pretende explorar-se a pluralidade de opções que o lixo pode assumir, quando para ele olhamos de uma perspetiva útil e criativa.

Através do conceito de upcycling, presente na sua vertente estética e pedagógica, este espetáculo é uma viagem pelo mundo da música e das formas animadas, onde o lixo pode ser tudo e tudo pode ser lixo.

/
Ficha artística e técnica:

Direção Artística: Carla Magalhães

Interpretação: Raquel Ribeiro, Ricardo Ribeiro

Desenho de Luz: Rui Gonçalves

Criação Musical: Filipe Miranda

Marionetas/ Formas Animadas: Miguel Tepes

Cenografia: Carla Rosário

Design Gráfico: Helena Soares

Produção: Krisálida

 

/
Locais, datas e horários de apresentação:

Pequeno Auditório da Casa das Artes de vila nova de famalicão

28 de janeiro de 2023

1ª Sessão: 11h00

2ª Sessão: 15h00

Classificação etária: M/3

 

/
Acessibilidade (do espaço ou da oferta artística):
O local mencionado dispõe de acesso a cadeiras de rodas.
Não dispomos de interpretação em Língua Gestual Portuguesa, Audiodescrição, Sessões Descontraídas, ou outros.

 

/
Link para site:
https://krisalida.pt/