Categoria

Internacionalização

A peça "Carta", da atriz e encenadora portuguesa Mónica Calle, inaugura o 36.º Festival Ibero-Americano de Teatro de Cádiz, amanhã (15 de outubro), no Gran Teatro Falla, com 30 intérpretes em palco a partilharem "um hino à vida, à alegria, à beleza e à esperança". 

A criação de Nélia Pinheiro "Ensaio sobre a Cegueira" é apresentada no Teatro Palladium, na cidade de Roma, Itália, no dia 6 de outubro, às 20h30.

Inserida no plano de digressão internacional da CDCE (Companhia de Dança Contemporânea de Évora) e nas comemorações do Centenário de Nascimento de José Saramago, esta apresentação integra o circuito de apresentações da CDCE pela Europa, que terminará em novembro de 2022.

A Ministra da Cultura, Graça Fonseca, e o Diretor-Geral das Artes, Américo Rodrigues, inauguraram oficialmente, no dia 23 setembro, a Representação Portuguesa na 17ª Exposição Internacional de Arquitectura - La Biennale di Venezia, com curadoria dos DepA architects.

No momento foi anunciado pela Ministra da Cultura, Graça Fonseca, que o novo espaço para os próximos 3 anos será o Palácio Franchetti.

"Sómente" vai dar vida aos espaços públicos de Londres, nos dias 28 e 29 de agosto, com o apoio da DGARTES. Esta produção do Teatro Só integra o programa do Greenwich + Docklands International Festival, que este ano arranca a 27 de agosto com um evento dedicado à emergência climática. 

Abriu no passado dia 3 de julho o Programa dedicado a Portugal no Festival Internacional de Teatro Clásico de Almagro, com a apresentação de "E o tempo breve passarás em flores", verso da poeta Sor Ana de la Trinidad que é também o tema do festival. A decorrer até 25 de julho na localidade de La Mancha, a edição deste ano do festival aposta em dar visibilidade às mulheres do chamado Século de Ouro espanhol (XVI e XVII).

É com excertos de "SubRosa" e "Marvel" que a Companhia de Dança de Almada marca presença no Festival Internacional de Dança Contemporânea Paesaggi del Corpo, no dia 10 de julho, às 18h30, na Casa Delle Culture e Della Musica, em Velletri, Itália.

Com direção artística de Patrizia Cavola em colaboração com Ivan Truol, este festival tem como principais objetivos difundir o conhecimento sobre a dança contemporânea em todas as suas vertentes e criar um espaço de encontro entre a arte e o território, a cidade, as comunidades e os cidadãos.

Foi revelada a dupla de artistas portugueses que irão participar na 34ª Bienal de São Paulo. Mariana Caló e Francisco Queimadela estão entre os 35 novos nomes da lista de artistas convidados pelo curador geral Jacopo Crivelli Visconti para a grande mostra coletiva "Faz Escuro mas eu canto", a decorrer entre 4 de setembro e 5 de dezembro no Pavilhão Ciccilo Matarazzo do Parque Ibirapuera.