Categoria

música

O Diretor-Geral das Artes, Américo Rodrigues, foi eleito para o Comité Executivo do Programa Ibermúsicas, durante a reunião do Conselho Intergovernamental desta quarta-feira (14 de abril), na qual participou como Representante Nacional. Este Comité será composto por mais quatro representantes nacionais (do Brasil, do Uruguai, do Perú e do México). 

A Inestética companhia teatral editou em CD e álbum digital a ópera "As Flores do Mal", de Luís Soldado, a partir de poemas de Charles Baudelaire. 

A ópera, com direção musical a cargo de Rui Pinheiro, é interpretada pelo barítono Rui Baeta e as sopranos Inês Simões e Célia Teixeira, acompanhados por Daniela Pinheiro (flauta), Magda Pinto (viola de arco), Samuel Pedro (contrabaixo) e Sofia Azevedo (violoncelo).

"Respondendo ao desafio essencial de capacitar novos profissionais para um melhor entendimento sobre o funcionamento e tempos que marcam a programação dos diferentes circuitos culturais portugueses, esta ação de formação percorrerá, passo-a-passo a produção, promoção e contacto inerentes a qualquer projeto de circulação na área da música.

Está berto até 30 de abril o concurso MARATONA ÓPERA XXI para novas árias. Este prémio (Prémio Carlos de Pontes Leça), no valor de 1500 euros, destina-se a  compositores, até aos 40 anos, que concorram com uma ária original, em português.

Os compositores selecionados terão ainda acesso a workshops com compositores e cantores experientes, para abordar a forma, a prosódia e o potencial da voz, entre outros temas específicos.

A participação portuguesa na Orquestra de Jovens da União Europeia (EUYO - European Union Youth Orchestra) revelou-se, uma vez mais, um sucesso incontestável, com um excelente resultado nas últimas audições. Foram apurados 23 músicos portugueses para a temporada 2021 (8 como membros efetivos e 15 como reservas).

A Direção-Geral das Artes (DGARTES) apresenta o documentário "Cante pela sua saúde", sobre os processos de trabalho e evolução do «Estudo-Experimental» desenvolvido no âmbito do Projeto «Grupos de Canto para Seniores», uma ideia da cantora Anabela Pires, financiada pelo Orçamento Participativo Portugal 2017, com coordenação a cargo da DGARTES. O documentário é produzido pela UALMEDIA, da Universidade Autónoma de Lisboa, com direção de Carlos Pedro Dias.

Estão abertas até 7 de março as inscrições para a Conferência internacional "Música para a Saúde e o Bem-estar" que, no próximo dia 10, vai juntar investigadores e profissionais para partilharem o seu trabalho na área do cruzamento entre a música e o bem-estar. A iniciativa está integrada no projeto "Cante pela sua saúde", financiado pelo Orçamento Participativo Portugal 2017 e coordenado pela Direção-Geral das Artes (DGARTES). As inscrições são gratuitas.

Descrição:  
Nestes tempos de recolha, a Interferência apresenta um conjunto de formações, de ensino à distância, para vos ajudar a cultivar as ideias. Com uma equipa de formadores renovada e pronta a enfrentar todos os desafios que surgirem - desde que se possa ficar em casa para os resolver. Os Cursos  Interferência assumiram o formato online de ensino à distância, com grupos pequenos para  promover um ensino mais próximo e individualizado. 

A Associação de Músicos Artistas e Editoras Independentes (AMAEI) promove ao longo deste ano, com o apoio da Direção-Geral das Artes (DGARTES), uma série de workshops que visam capacitar para o mercado digital o setor da música independente. 

A equipa do projeto "Cante pela sua saúde" vai juntar investigadores e profissionais para partilharem o seu trabalho na área do cruzamento entre a música e o bem-estar, na conferência internacional “Música para a Saúde e o Bem-estar”, a realizar online, no dia 10 de março.

Páginas