Categoria

workshop

De regresso às escolas do Castelo e Convento do Desagravo para, em conjunto com um grupo de professores, mergulharmos num processo experimental de (des)construção e (des)organização de narrativas, palavras e sons. E para lermos. Juntos.
- O que é que uma pessoa faz com um livro?
- Lê-o.
- Ah - disse ela - E que quer dizer isso de ler? (...)

"Neste atelier convidamos os participantes a construir figuras antropomórficas ou zoomórficas (homenzinhos ou bichos) a partir das sobras da poda das árvores. Ramos, galhos e pauzinhos, depois de devidamente preparados, são a matéria prima para estes corpos que vamos inventar.
Junções e articulações. Inspirados pelas ferramentas e utensílios que nos acompanharam durante milénios, vamos unir estes raminhos e pô-los a mexer.
Na última parte, para descobrir e inventar um pouco mais sobre estas criaturas de origem vegetal, vamos manipulá-las.

A partir da partilha e exploração prática do processo criativo da mais recente criação da Companhia Paulo Ribeiro, Box 2.0 – Instalação Holográfica, António Cabrita desafia os participantes a transportarem o corpo real para o holograma, com a dimensão do palmo de uma mão. O Corpo em Holograma será dividido em dois módulos. Durante a manhã, após um breve aquecimento físico, os participantes dedicam-se ao desenvolvimento de material criativo no seu próprio corpo e, durante a tarde, esse material será captado e transposto para holograma.

Com orientação de Maya Tamir, formadora certificada de movimento Gaga e ex-bailarina da Batsheva Dance Company (Israel), o workshop de movimento Gaga e repertório Ohad Naharin é dirigido a bailarinos profissionais ou a estudantes de dança avançados (a partir dos 16 anos). As aulas têm o objetivo de aprofundar a perceção dos bailarinos sobre as suas sensações físicas, alargando a sua paleta de opções de movimentos e aperfeiçoando a sua capacidade para moldar energia e soltar o seu poder explosivo.

(IM) Possibilities é a 6ª edição do Workshop Internacional organizado pelo Hangar em parceria com a rede internacional Triangle Network (TN).
Este Workshop pretende ser uma reflexão sobre o que é uma possibilidade ou o seu fracasso. Pensar o que são as derrotas do possível dentro da história, o que ficou por fazer ou por dizer, ou mesmo a acção de fazer acontecer o que não é previsível e seguro, mas que torna a impossibilidade de criar para além de todas as limitações.