Categoria

open call

Estão abertas até 1 de fevereiro de 2018 as candidaturas às residências de dois anos da Rijksakademie van beeldende kunsten, que irá acolher cerca de 45 artistas de todo o mundo no campo das artes visuais. De forma geral, os artistas selecionados no contexto destas residências deverão ter concluído estudos académicos (BA / MA) e ter alguns anos de experiência profissional independente.

A iniciativa tem o nome REALTIME RUNTIME PEOPLE. Trata-se de um projeto artístico que faz um paralelo entre duas expressões características da computação – REALTIME e RUNTIME – e a forma como a vida moderna, mediada pela tecnologia, decorre atualmente, em TEMPO REAL, cada vez mais limitado e disputado, e a CORRER entre chamadas de atenção constantes dos nossos dispositivos.

A Companhia Instável é um projeto apoiado pela Secretaria de Estado da Cultura e pela Câmara Municipal do Porto, através do Teatro Municipal do Porto no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto, cujos objetivos se centram no desenvolvimento da dança contemporânea do país e da cidade e na criação de oportunidades profissionais a intérpretes de dança contemporânea. O seu projeto de companhia consiste no convite a um criador de renome internacional para criar a partir de um conjunto de intérpretes selecionados por audição.

LAM 360 ° é o Festival de Arte da Mongólia. 
Disciplinas: Colaboração, Experimental, Instalação, Arte da Terra, Escultura, Prática Social e Artes Visuais.
Localização: Ondorkhaan | Ulaanbaatar, Khentii Aimag, Mongólia
Duração: 30 de julho - 11 de agosto de 2018

RAW Académie é um programa residencial experimental para pesquisa e estudo de práticas e pensamentos artísticos e curatorais. O programa ocorre durante 7 semanas, em Dakar. É dedicado a uma reflexão dinâmica sobre pesquisa artística, prática curatorial e escrita crítica. A Académie é realizada durante duas sessões distintas por ano: outubro-dezembro e abril-junho. Cada sessão é dirigida por um corpo docente principal com uma experiencia singular em arte, curadoria e crítica de arte. A Sessão 4 será liderada pelo artista de performance e video Tracey Rose, da África do Sul.

Com o apoio dos fundos da Europa Criativa da União Europeia, a Rede Europeia de Arte de Media (EMARE) ampliará a sua rede de quatro para 11 países e transforma-se na Plataforma Europeia de Arte de Media (EMAP) até o final deste ano. Com isso, o mais antigo programa de residência em arte de media, o European Media Artists in Residence Exchange (EMARE), que comemorará seu 23º aniversário em 2018, continuará e torna-se na maior plataforma de residência internacional para artistas de media emergentes.

O Instituto do Banco Europeu de Investimento (BEI) tem o prazer de anunciar a edição de 2018 do Programa de Desenvolvimento para Artistas.
No âmbito do Ano Europeu do Património Cultural 2018, o Instituto irá acolher um artista da área das artes visuais, proveniente de um Estado-Membro da EU, para trabalhar sobre o tema "Património Cultural: lidar com a história através da arte" / “Cultural Heritage: Dealing with History through Art”.