Tags

Oportunidades

LAM 360 ° é o Festival de Arte da Mongólia. 
Disciplinas: Colaboração, Experimental, Instalação, Arte da Terra, Escultura, Prática Social e Artes Visuais.
Localização: Ondorkhaan | Ulaanbaatar, Khentii Aimag, Mongólia
Duração: 30 de julho - 11 de agosto de 2018

Por proposta da Comissão Europeia o Parlamento Europeu adotou a Decisão que estabelece 2018 como o Ano Europeu do Património Cultural (AEPC 2018), enquadrado pelos grandes objetivos da promoção da diversidade cultural, do diálogo intercultural e da coesão social. Em Portugal, o AEPC 2018 será um momento importante de celebração da criatividade e, ao mesmo tempo, de chamada de atenção para as oportunidades e para os desafios que hoje se colocam, para a reflexão e para o debate sobre o papel transversal do património cultural em toda a sociedade. 

RAW Académie é um programa residencial experimental para pesquisa e estudo de práticas e pensamentos artísticos e curatorais. O programa ocorre durante 7 semanas, em Dakar. É dedicado a uma reflexão dinâmica sobre pesquisa artística, prática curatorial e escrita crítica. A Académie é realizada durante duas sessões distintas por ano: outubro-dezembro e abril-junho. Cada sessão é dirigida por um corpo docente principal com uma experiencia singular em arte, curadoria e crítica de arte. A Sessão 4 será liderada pelo artista de performance e video Tracey Rose, da África do Sul.

Com o apoio dos fundos da Europa Criativa da União Europeia, a Rede Europeia de Arte de Media (EMARE) ampliará a sua rede de quatro para 11 países e transforma-se na Plataforma Europeia de Arte de Media (EMAP) até o final deste ano. Com isso, o mais antigo programa de residência em arte de media, o European Media Artists in Residence Exchange (EMARE), que comemorará seu 23º aniversário em 2018, continuará e torna-se na maior plataforma de residência internacional para artistas de media emergentes.

 

O Decreto-Lei n.º 103/2017, publicado a 24 de Agosto veio estabelecer o novo regime de atribuição de apoios financeiros do Estado, através da DGARTES, a entidades que exerçam atividades profissionais nas áreas das artes visuais, das artes performativas e de cruzamento disciplinar.

O Instituto do Banco Europeu de Investimento (BEI) tem o prazer de anunciar a edição de 2018 do Programa de Desenvolvimento para Artistas.
No âmbito do Ano Europeu do Património Cultural 2018, o Instituto irá acolher um artista da área das artes visuais, proveniente de um Estado-Membro da EU, para trabalhar sobre o tema "Património Cultural: lidar com a história através da arte" / “Cultural Heritage: Dealing with History through Art”.

Em 2018, o Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira volta a dar espaço a artistas emergentes de todo o mundo, através do concurso de criações artísticas dirigidas ao espaço público – Mais Imaginarius.

O Mais Imaginarius é uma secção do festival Imaginarius que desafia os artistas, nacionais e internacionais, para a apresentação de propostas que abordem o espaço público nas suas mais diversas perceções, testando formatos e modelos, rumo à construção de novas identidades artísticas.

Estão abertas até dia 8 de janeiro as inscrições para a Sessão/Debate “Culture for social inclusion – partnering with other sectors", que terá lugar a 17 e 18 de abril de 2018 e para a Reunião/Diálogo com a Comissão Europeia em Bruxelas, em setembro de 2018.

A Sessão/Debate sobre cultura para a inclusão social – parcerias com outros setores permitirá a participação de um grupo de cerca de 30 entidades do setor cultural europeu e 5 entidades do setor não cultural numa troca de ideias a apresentar posteriormente à Comissão Europeia. 

Decorre até 1 de dezembro de 2017 o prazo para apresentação de candidaturas ao programa de estágios do museu Coleção Peggy Guggenheim, destinado a estudantes ou recém-licenciados na área das artes.

As candidaturas estão abertas a nacionais italianos e estrangeiros.

Os estágios realizar-se-ão no período compreendido entre maio e dezembro de 2018, tendo a duração mínima de um mês e máxima de três meses.

A EMERGE Associação Cultural lança um convite a artistas emergentes, com idade superior a 23 anos e nacionalidade portuguesa, a apresentar candidaturas para a edição de 2018 do livro Portuguese Emerging Art 2018, que tem por base uma filosofia de projeção de todas as praxis artísticas do universo das artes plásticas — arte digital / new media art, cerâmica artística, desenho, escultura, fotografia, instalação, performance, pintura, sound art e videoart — divulgando o que de melhor se faz pelas mãos dos artistas emergentes portugueses

Páginas