apoio às artes

A CENÓGRAFA ÂNGELA ROCHA REPRESENTARÁ PORTUGAL NA 15.ª QUADRIENAL DE PRAGA - PQ23

O projeto de Ângela Rocha, “METADE DOS MINUTOS”, foi o selecionado no âmbito do concurso limitado promovido pela Direcção-Geral das Artes para representar oficialmente Portugal na exposição “Países e Regiões” na 15.ª Quadrienal de Praga - PQ23 - Prague Quadrennial of Performance Design and Space, que iá decorrer de 7 a 18 de junho de 2023, em Praga, na República Checa.

APCEN fará a curadoria da representação portuguesa da secção “Students” na Quadrienal de Praga

A Direção-Geral das Artes, na qualidade de comissária da representação oficial portuguesa na 15ª. Quadrienal de Praga - PQ23 - Prague Quadrennial of Performance Design and Space, convidou a APCEN – Associação Portuguesa de Cenografia para realizar a curadoria do projeto a apresentar na secção “Students”.

Residência [RE]CANTOS está com inscrições abertas

Estão abertas até 15 de junho as inscrições para [RE]CANTOS: PONTES PARA O ENCONTRO, uma residência artística promovida pelo L.A.P - Laboratório de Artes Performativas, com o apoio do Programa IBERCENA. A participação é gratuita.

Idealizada em parceria com a atriz e investigadora brasileira Graziele Sena, a residência "nasce de um encontro e expande-se a partir do desejo de criar pontes para também encontrar outras pessoas". 

DGARTES apoia dezoito projetos que cruzam arte com ambiente

Fomentar a sustentabilidade ambiental e contribuir, através das artes, para uma transição climática justa e equitativa são os principais objetivos dos 18 projetos apoiados pela Direção-Geral das Artes (DGARTES), através do Programa de Apoio em Parceria Arte e Ambiente, que conheceu hoje a decisão final.

Com uma dotação global de 350.000 €, o programa atribui financiamento a 12 projetos de cruzamento disciplinar, 2 de música, 1 de artes plásticas, 1 de dança, 1 de fotografia e 1 de teatro, sendo a verba distribuída por patamares financeiros entre os 10.000 € e os 40.000 €.

1% para obras de arte em obras públicas

O novo regime de integração de obras de arte em obras públicas vem contribuir para reforçar a estratégia do Ministério da Cultura, de promoção e valorização da arte contemporânea no território nacional, reconhecendo o potencial das infraestruturas e equipamentos públicos, para a integração de arte, e ampliação do seu acesso, visibilidade e possibilidade de fruição por parte da população, através de experiências do quotidiano, envolventes e inovadoras.

18 projetos que cruzam Arte e Ambiente vão ser financiados pela DGARTES

Apoiar a implementação de projetos que fomentem a sustentabilidade ambiental, contribuindo, através das artes, para uma transição climática justa e equitativa é o principal objetivo dos 18 projetos artísticos a apoiar pela Direção-Geral das Artes (DGARTES) através do Programa de Apoio em Parceria Arte e Ambiente.

Páginas