'MEDIDA INCERTA', DE JOSÉ PEDRO CROFT

'MEDIDA INCERTA', DE JOSÉ PEDRO CROFT
2017 | Representação Oficial Portuguesa na 57.ª Exposição Internacional de Arte La Biennale di Venezia

Créditos: Daniel Malhao

Artista: José Pedro Croft
Curador: João Pinharanda

Inauguração oficial: 10 de maio: 
Patente de 13 de maio a 26 de novembro de 2017
Vila Hériot, no nº54P da Calle MIchelangelo
Giudecca, Veneza
Itália 

Site oficial: www.dgartes-medidaincerta.com

Inaugurou a 10 de maio de 2017 a Representação Oficial Portuguesa na 57.ª Exposição Internacional de Arte La Biennale di Venezia, com "Medida Incerta" de José Pedro Croft e curadoria de João Pinharanda. A mostra abriu ao público no dia 13 de maio e estará patente na Vila Hériot, no nº54P da Calle MIchelangelo, Giudecca, até dia 26 de novembro.

O Secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, e a Comissária e Diretora-Geral das Artes, Paula Varanda, abriram ontem (10 de maio) as portas para receber convidados e imprensa na inauguração oficial de "Medida Incerta", de José Pedro Croft, marcando ao mesmo tempo o término de vários meses de preparação desta mostra que eleva nos jardins da Villa Hériot, na ilha da Giudecca, as seis esculturas concebidas pelo artista num processo que é também retratado no interior do edifício, através da exposição "Objetos de Transição".

"Medida Incerta" cumpre assim um múltiplo desafio: a resposta ao tema de Christine Macel, curadora geral da Bienal, com a sua interpretação de VIVA ARTE VIVA, a execução do monumental projeto que convida a interpretar os espaços da Villa numa multiplicidade de enquadramentos e perspetivas, e ainda a reinterpretação dos espaços que em 2016 aproximaram vizinhos, de bairros e entre países, no projeto de representação oficial portuguesa na Bienal de Arquitetura. 

"Medida Incerta", refletindo a Laguna, a Villa, e todas as metáforas criadas a cada visita feita a cada uma das seis obras de José Pedro Croft, "torna vantagem uma condição incerta", nas palavras de Paula Varanda, Diretora-Geral das Artes, sobre a conceção e apresentação de mais um projeto de representação oficial sem um pavilhão residente nos espaços habituais da Biennale di Venezia. 

O programa de abertura do projeto de representação portuguesa na bienal deste ano teve início no dia 9 de maio, com um animado evento de pré-inauguração presenciado por mais de 250 pessoas, que contou com a presença do Embaixador de Portugal em Itália, Francisco Ribeiro-Telles, do Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, o Secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, e a Presidente da Assembleia Municipal da Câmara de Veneza, Ermelinda Damiano, bem como mecenas e parceiros do projeto que leva Portugal a Veneza na 57ª Exposição Internacional de Arte. 

O Ministro da Cultura agradeceu a todas as entidades e equipas que apoiaram e executaram tão ambicioso projeto. 

"Medida Incerta" abre ao público no dia 13 de maio e estará patente na Vila Hériot, no nº54P da Calle MIchelangelo, Giudecca, até dia 26 de novembro.