Categoria

dança

Uma mesa. Uma mulher, um homem. Uma paisagem gradualmente construída à frente de seus corpos nus. Um passado e um presente sob o jugo de suas manobras pueris.

Decorre até 15 de setembro de 2018 o prazo para apresentação de candidaturas ao programa de bolsas atribuídas conjuntamente pela Fundação de Arte da Renânia do Norte-Vestefália / Kunststiftung des Landes Nordrhein-Westfalen e pela Fundação Pina Bausch. 

As bolsas a atribuir (num máximo de quatro por ano) destinam-se a bailarinos e coreógrafos de todo o mundo, sem limite de idade, visando a participação em residências em instituições de dança e coreografia prestigiadas, ensembles de dança, formação coreográfica e estudo de técnicas de dança.

Quando um corpo cai, isso é visível, incontestável. Podemos discutir as forças que o impelem à queda, mas não podemos duvidar do movimento descendente. A outra queda pode ser transparente, exigir um juízo moral, perder-se numa falha de interpretação. Em FALL será mais imediato observar a queda física do que a outra queda – uma é concreta e terrena, a outra é metafórica e insubstancial –, embora não se tenha traçado uma linha de fronteira.

O Cem Verão é um ajuntamento de práticas diversas em dança, escrita, estudos do corpo, música ou encontros com bebés, que decorre de 9 a 29 de julho e marca o final da temporada de Formação, Investigação, Experimentação e Criação com o c.e.m - centro em movimento. E é neste âmbito que surge este workshop com Sofia Neuparth.

Marlene Monteiro Freitas será hoje, dia 28 de junho, galardoada com o Leão de Prata de carreira no 12.º Festival Internacional de Dança Contemporânea de Veneza e irá apresentar, na cidade italiana, o espetáculo “Bacantes – Prelúdio para uma purga”, estreado em abril do ano passado, no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa. A cerimónia de entrega do prémio contará com a presença da DGARTES.

espaciopropio.augenblick dá um enquadramento para um processo de re-descoberta dos nossos corpos como meios de suporte e expressão para a dança e a vida.Os conteúdos e material desenvolvidos durante os encontros partem da imagem de que o “corpo” está submerso num fluxo constante de mudança de necessidades internas e externas, num permanente diálogo físico e mental entre o organismo e o que o rodeia.

A casaBranca apresenta a performance de Ana Borralho & João Galante, "Gatilho da Felicidade", hoje, às 20h, no Festival Latitudes Contemporaines, em Lille, França. 

"A definição de felicidade varia de pessoa para pessoa. Pode ser até considerado um estado. Um estado de bem-estar e satisfação. Como podemos ser felizes? E sobretudo, como podemos ser felizes numa sociedade infeliz?"

“Viajando” por alguns países, esta aventura vai para além da dança: com a inspiração e interpretação de bailarinos profissionais em Dança Indiana, Flamenco, Rumba e Capoeira, estas danças tradicionais.
Objetivo:
Com a sua linguagem de movimento original, proporcionar a conexão corporal com a musical próprias de cada uma destas culturas.

/
Equipa Pedagógica: 
Direção Pedagógica: Olga Roriz
Professor: Sebastian Scheriff

O Dia Mundial da Dança, que se assinala este domingo, dia 29 de abril, vai ser celebrado com a realização de espetáculos, aulas e oficinas para o público de norte a sul do país.

O Dia Mundial da Dança foi instituído em 1982 pelo Conselho Internacional da Dança (CID), entidade criada sob a égide da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). A data foi escolhida para recordar o nascimento do coreógrafo francês Jean-Georges Noverre, um dos pioneiros da dança moderna.

Aqui ficam algumas sugestões:

"De malas e bagagens – uma viagem pelas memórias de cenografias e roupagens várias".

Páginas