[projeto de decisão]

A Direção-Geral das Artes (DGARTES) vai financiar a circulação internacional de 96 projetos artísticos (que incluem mais de 150 atividades artísticas) por 42 países, com destaque para o Brasil (que recebe 45 atividades), Espanha (17), Itália (6), Alemanha (6), Moçambique (5), Cabo Verde (5), Japão (5) e França (4), com maior expressão nas áreas de música (27) e de teatro (27), seguindo-se as áreas de cruzamento disciplinar (14), artes plásticas (11), dança (9) e artes de rua (3). O projeto de decisão foi hoje comunicado aos candidatos.