Categoria

apoio às artes

Este programa de apoio tem como objetivo estimular a participação de entidades portuguesas líderes ou parceiras de candidaturas apresentadas ao Programa Europa Criativa (sub-programa Cultura) e exponenciar o sucesso na execução dos projetos apresentados. A fase de submissão de candidaturas decorre entre 12 de setembro e 3 de outubro de 2019.

Este concurso, promovido pela DGARTES - enquanto entidade parceira do Programa Cultura / EEA Grants -, visa reforçar a oferta artística, o acesso e a participação nas artes, através do apoio a projetos de programação artística multidisciplinar concebidos para e com as comunidades locais e regionais situadas nos territórios de baixa densidade de Portugal Continental* e nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

Estão abertas até dia 10 de setembro as candidaturas ao Programa de Apoio a Projetos destinado à seleção, através de concurso limitado, do projeto curatorial e expositivo que irá representar oficialmente Portugal na 17.ª Exposição Internacional de Arquitetura - La Biennale di Venezia 2020, com um montante financeiro global disponível de 250.000,00€ (duzentos e cinquenta mil euros), com a seguinte distribuição anual: 151.000,00€ (cento e cinquenta e um mil euros) em 2019 e 99.000,00€ (noventa e nove mil euros) em 2020.

Já são conhecidos os resultados finais do concurso para Apoio a Projetos no domínio da Internacionalização, destinado ao desenvolvimento e circulação internacional de obras e projetos, nas áreas das artes performativas (circo contemporâneo e artes de rua, dança, música e teatro); artes visuais (arquitetura, design, fotografia, artes plásticas e novos media) e cruzamento disciplinar. Das 49 candidaturas admitidas, são apoiadas 26, com um montante total de financiamento de 260.000 €.

Ocorrerrá no dia 28 de junho o espetáculo final dos dois Grupos de Canto Séniior das Misericórdias de Almada e Lisboa no âmbito do Projeto "Cante pela sua Saúde". Trata-se de um projeto que se destina a seniores, cuja atividade principal é o canto, pelas suas reconhecidas contribuições na promoção do bem-estar, envelhecimento bem-sucedido, felicidade e integração social. Este Projeto foi criado e apresentado pela cantora Anabela Pires ao "OPP- Orçamento Participativo Portugal" 2017. 

Reabrem no próximo dia 1 de julho, às 10h da manhã, as candidaturas para o Programa de Apoio a Projetos 2019 – Procedimento Simplificado (3.ª fase), nas seguintes áreas artísticas: artes performativas (circo contemporâneo e artes de rua, dança, música e teatro); artes visuais (arquitetura, artes plásticas, design, fotografia e novos media); cruzamento disciplinar. Podem candidatar-se projetos desenvolvidos em território nacional e internacional, nos domínios da circulação nacional, edição, formação, internacionalização e investigação.

A DGARTES abriu, no passado mês de maio, 2 Programas de Apoio a Projetos com um montante financeiro disponível de 1.760M€: no domínio da Criação, com um montante financeiro global disponível de 1.260M€ e nos domínios da Programação e Desenvolvimento de Públicos, com um montante financeiro global disponível de 500.000€.

A Direção-Geral das Artes abriu, no dia 28 de março, sete Programas de Apoio Sustentado, na modalidade bienal (2020-2021), com um montante financeiro global disponível de 18,6 milhões de euros, verba que representa um acréscimo de dois milhões de euros para os próximos dois anos, face ao último montante a concurso. Dos sete Programas de Apoio, um é no domínio da Programação, sendo os restantes seis no domínio da Criação, nas seguintes áreas artísticas: Artes Visuais; Circo Contemporâneo e Artes de Rua, Cruzamentos Disciplinares; Dança; Música; Teatro.

Estão abertas as candidaturas para o Programa de Apoio a Projetos 2019 – Procedimento Simplificado, nas seguintes áreas artísticas: artes performativas (circo contemporâneo e artes de rua, dança, música e teatro); artes visuais (arquitetura, artes plásticas, design, fotografia e novos media); cruzamento disciplinar. Podem candidatar-se projetos desenvolvidos em território nacional e internacional, nos domínios da circulação nacional, edição, formação, internacionalização e investigação.

Encontra-se aberto, até ao dia 4 de abril, o concurso para a apresentação de candidaturas ao Programa de Apoio a Projetos no domínio da Internacionalização, com um montante financeiro global disponível de € 260.000,00 (duzentos e sessenta mil euros). O objetivo deste Programa é incentivar a internacionalização das artes e da cultura portuguesa através da cooperação com outros países e promover projetos emergentes que dinamizem o setor.

Páginas